Saturday, August 29, 2009

eram olhos vermelhos, cansados, velhos, cheios de ressaca de outros tempos. Agora já não mais o são: são tristes e emburrados e dizem que já não faz sentido a vida. Não sei se entendo ou se me esquivo, e passo com pressa sem perceber o sentido da emoção já esmagado por aquela prisão, que é o velho tédio das rotinas...

1 comment:

L. said...

ah, o velho tédio das rotinas...
(sorri um monte ao ler seu comentário no meu blog, de verdade. fico feliz. um monte)
agora vou mergulhar um pouco no seu.
beijo.