Saturday, December 10, 2005

que é uma pena

e aí voltando a velha história daquela que se atira incondicionalmente,
e aquele que acha uma delícia, mas nada mais que isso.

O velho texto batido dos amantes mal amados, dos amores mal vividos.

e aí se completa a fase desse ano, que um dia é superada?
como é que acontece isso, assim, o tempo todo, numa sucessão de frases inacabadas?
respostas só com o tempo.

1 comment:

dimetrius said...

saudades de conversar contigo

um beijo