Sunday, March 09, 2014

que não poderia durar

Meus olhos mais vermelhos que o normal denunciam. Chega aquela hora, no meio da festa, que tudo parece nonsense e as pessoas gritam, cantam, cansam, apodrecem. escrever se tornou difícil. O céu está cinza desde que eu cheguei. Poderia sapatear, mas é só tristeza, é meio difícil sorrir nesses tempos. o amor, a que será que se destina, já não sabemos que rumo tomar. Ficar? partir? amar? desiludir? Tudo parece confuso e complexo e são tantos compromissos, tanto tempo tomado, já não dá para pensar sobre aquilo que mais importa. Tomo uma dose de cachaça, minha garganta arde, eu poderia ir embora dessa festa agora, mas prefiro sofrer mais um pouco. A cada dia que passa parecemos mais deprimidos. Mas é isso né? Crescer é aquela coisa indigesta que faz a gente casar, reproduzir e morrer, quem sabe ser feliz. ou não.

No comments: